Todos os anos tenho este drama com os miúdos

Quando decidimos engravidar do primeiro filho, não pensámos no mês em que a criança ia nascer, que foi em julho, num belo dia de Verão. Até ficámos bastante contentes com essa data, porque o tempo ia estar mais quente e era mais fácil, pois não havia o risco de ficar doente.

Quando a criança era pequena, festejávamos o aniversário com a família e os nossos amigos mais próximos.

Passado três anos tivemos a rapariga. E em que mês é que ela nasceu? Em julho. Continuávamos a pensar que era um mês perfeito para as crianças nascerem.

O que nós nos esquecemos, é quando os miúdos começam a querer festejar o aniversário com os amigos, estes estão todos de férias.  Ainda se torna mais complicado, quando começam a frequentar a escola pública, pois as férias começam no final de junho. É sempre um stress tentar que haja um quórum para a festa. Qualquer espaço infantil que se reserve para festejar o aniversário tem sempre um mínimo de dez participantes.

Quando começamos a planear as festas dos miúdos, tem de ser, com pelo menos dois meses de antecedência e estamos sempre a rezar, que os amigos consigam estar presentes. Ainda por cima, temos duas festas para organizar durante o Verão. Já tentámos convencê-los a festejarem em setembro, mas não fomos bem sucedidos.

Mais alguém tem este “problema”? Alguma dica?

Sweet Kisses

Maria

0