Sou uma chorona

No Domingo fui ver o filme “Cegonhas” com os miúdos. Vão ver, vale a pena! O pior, é que no final, temos de explicar de onde vêm os bebés…

Quando o filme acabou a minha filha, que tem cinco anos, chorou baba e ranho. Tão querida. Até soluçava. Eu sou igual…

O que eu chorei no “E.T.”, no “Clube dos Poetas Mortos”, no “A vida é bela”, etc.. Quer dizer, choro nos filmes todos. Mesmo quando há finais felizes. Às vezes choro a ver anúncios… Pareço uma carpideira.

Tenho amigas que também são umas choronas. Fui investigar porque somos assim.

Parece que, quando estamos a ver filmes emocionantes, o nosso cérebro liberta ocitocina, que nos faz ter empatia com as personagens. Podemos saber que é um filme, mas para o nosso cérebro, a história está mesmo a acontecer. Esta hormona é libertada para nos proteger, pois ajuda a libertar o stress.

Antigamente, ainda tentava disfarçar que tinha chorado e muitas das vezes, continha o choro o mais que podia. Agora com 40 anos quero lá saber! Entrego-me completamente ao filme.

É maravilhoso!

Sweet kisses

Maria

 

0