Pais à maneira

Estou sempre a questionar-me se sou boa mãe; ou se estarei a educar bem os meus filhos. Quero que se tornem adultos felizes e confiantes.

Ando sempre a pesquisar na net ou em livros, diretrizes sobre como melhorar a minha “parentalidade“.

Ofereceram-me o livro “Pais à maneira dinamarquesa” de Jessica Joelle Alexander e Iben Dissing Sandahl e mudou a minha vida como mãe.

Os dinamarqueses são as ” pessoas mais felizes do mundo“, logo são pais felizes que criam crianças felizes. No livro, cada capítulo explica como o povo dinamarquês, educa os seus filhos de uma maneira tão simples e pedagógica.

 Vou deixar-vos os “ensinamentos” que mais me marcaram:

Brinque a sério:

Brinque vinte minutos por dia com os seus filhos. Estas brincadeiras em família, valem mais do que qualquer brinquedo que possamos oferecer.

Elogie os seus filhos:

Eu sempre elogiei os meus filhos, mas fazia-o de forma errada. Dizia muitas vezes “és tão gira; tão inteligente; tão esperto“. Neste tipo de comentários estamos a elogiar características/habilidades das pessoas e não o esforço. O correto é elogiar o processo: “estudaste muito e deu resultado“.

Empatia:

A empatia (capacidade de reconhecer e compreender os sentimentos dos outros) torna-nos melhores pessoas. É responsabilidade dos pais ensinarem os filhos a capacidade de se colocarem na pele dos outros. Se por exemplo, o nosso filho se queixa que um menino não emprestou o brinquedo, em vez de dizermos “não ligues, também não emprestes os teus!“, devemos tentar explicar o comportamento do amigo: “se calhar o menino estava cansado porque dormiu mal, ou zangado com alguma coisa…” e assinalar as boas qualidades, “mas no outro dia brincou muito contigo…“.

Regras:

Defina as regras e explique-as. Nada de ultimatos e gritos. Converse com eles, tenha paciência, não perca a calma. Esta não é fácil, mas reparei que quando se portam mal, se eu gritar é pior. Se conversar com eles e a minha abordagem for mais tranquila, resolvo melhor a questão e mais rapidamente.

 Ambientes acolhedores:

Atmosferas agradáveis, fazem-nos sentir mais felizes. Acenda velas ao jantar, ponha uma música. Desligue a televisão, telemóveis e os tablets. É mesmo verdade! Estes ambientes tornam o jantar mais prazeroso e mais especial. Agora são os meus filhos, que me perguntam pelas velas, quando me esqueço de as colocar na mesa!

Sweet kisses

Maria

0