Olha que duas

Fui ver o filme “Olha que Duas”, com a Amy Schumer e a Goldie Hawn. Adorei e fartei-me de rir! É um filme de gajas, por isso, não arrastem a vossa cara-metade para o cinema, pois eles não vão apreciar. O melhor mesmo é levarem a vossa mãe.

Quando acabei de ver o filme, só me apetecia ligar para a minha mãe. As mães são mesmo uma coisa maravilhosa. Estão sempre do nosso lado, nos bons e nos maus momentos. Apoiam-nos em tudo! Mesmo quando não tomamos as melhores decisões. Tomam conta de nós e dos nossos filhos.

São sempre mamãs; já tenho quarenta e um anos e a minha mãe ainda me liga a perguntar o que almocei. Às vezes, é um pouco chato, pois estou a trabalhar, e é esquisito estarmos a descrever o menu do nosso almoço… Acha sempre que estou muito magra (quem me dera), que estou sempre bonita (os olhos das mães devem ter Photoshop); que preciso de cortar do cabelo… Preocupa-se sempre quando estou doente, e se faço um jantar de aniversário, confeciona quase toda a ementa.

Quero ser uma mãe como a minha. Fiquei com vontade de fazer uma viagem com ela, pois é a melhor companhia que posso ter.

Claro que o meu pai também é incrível, e o meu herói; mas este post é para a minha mãe. Aliás, é para todas as mães!

Sweet kisses

Maria

0