O Verão dos divórcios

Não me lembro de um Verão com tantos divórcios e separações. Primeiro foi o casal de atores Jennifer Garner e Ben Affleck, depois os músicos Gwen Stefani e Gavin Rossdale e agora a modelo Gisele Bündchen e o jogador profissional Tom Brady. Punha as mãos no fogo por qualquer um destes casamentos (Ups! Queimei-me!), mas normalmente é assim. Será que as separações este Verão vão-se tornar uma tendência?

Já conheci vários casais que se dão muito bem, que estão sempre em sintonia, nunca discutem à frente de ninguém, e de repente o “casal perfeito” separa-se… E eu fico sempre de queixo caído. Quando tenho oportunidade pergunto a uma das partes: “mas vocês davam-se tão bem, eram a minha referência, até vos invejava, o que se passou?”, a resposta é sempre a mesma: “nem sempre aquilo que vês é a verdade…”. Depois há aqueles, que estão sempre a discutir, mas que se mantêm unidos até hoje.

Tenho a certeza que a razão da separação entre as celebridades não foram as férias de Verão, mas se fosse, até podia compreender. É que são 24 horas juntos, durante três semanas, com crianças; mesmo de férias, tem que se fazer muita meditação para se ser feliz para sempre.

Sweet kisses

Maria

0