O homem da minha vida

Os britânicos conhecem o seu parceiro para toda a vida aos 27 anos, de acordo com um estudo efetuado pelo site Match.com. As mulheres conhecem a sua cara-metade aos 25, e os homens aos 28 anos.

Não sei se em Portugal o resultado do estudo seria o mesmo. No nosso país, a maioria dos casais ou se conhecem no liceu (como foi o meu caso), ou na faculdade. Eu disse a maioria…

O que acontece, é que mesmo que conheçamos o amor da nossa vida antes dos 20 anos, cada vez casamos mais tarde, e a média da idade de casar dispara para os 30. A razão de nos casarmos nessa idade, é porque andamos à procura do “emprego” certo e estável. E vamos adiando, adiando…

Independentemente da idade que tenhamos, o que interessa é que seja o homem ou a mulher da nossa vida. Pelo menos, na altura em que decidamos juntar os trapinhos, essa pessoa seja a nossa cara-metade. E não porque já estamos na idade de casar, ou de nos juntar…

Viver junto, não é “pera doce“, e se essa pessoa não for a/o nossa/o princesa/príncipe encantada/o, a história não vai acabar com a mítica frase “e foram felizes para sempre…”.

Sweet kisses

Maria

Etiquetas:
0