Nunca pensei ser este tipo de mãe…

Desde que sou mãe “já morri muitas vezes pela boca”…

Quando não tinha filhos, dizia que quando fosse mãe, não ia permitir isto ou aquilo aos meus filhos, mas foi tudo ou contrário. É muito fácil falar quando ainda não os temos…

A maioria das vezes faço-lhes as vontades, … cedo muito facilmente quando me pedem alguma coisa. O que me está a surpreender é que, desde que eles são mais crescidos, cada vez quero mais fazer programas com eles; ir ao cinema, à praia, viajar, almoçar fora, museus, etc.. Eu pensava que era mais livre e independente, mas a verdade é que é muito mais saboroso quando os miúdos estão presentes! Quando não era mãe, dizia para quem quisesse ouvir, que pelo menos uma vez por ano, ia viajar sem os filhos.

Quando eram bebés, sempre que íamos a qualquer lado, era muito duro. Levávamos a casa atrás (fraldas, banheira, 30 malas com roupa, cama, ovo, carrinho, 1000 cremes, brinquedos). Havia horários para tudo; praia das 8:30 à 11:00, papinhas, sestas. Era tão cansativo, que quando íamos a sair de casa já estávamos de rastos… Por isso, quando tínhamos oportunidade de deixar os miúdos com os avós, aproveitávamos para viajar a dois e sabia muito bem (era mesmo muito bom e recomendo a quem tem os filhos muito pequenos).

Agora que os miúdos já têm 6 e 9 anos, não me faz sentido estar sem eles. Provavelmente estou a aperceber-me que eles crescem rapidamente e qualquer dia, são eles que não querem viajar connosco.

Seja como for, hoje não abdico. O único inconveniente, é que, qualquer programa, custa agora o dobro.

Caucasian family having fun in surf. Family sunshine holidays pr

Conclusão, sou a mãe galinha, que jurei nunca ser.

Sweet kisses

Maria

0