Iberia: nunca mais!!

Sabiam que vos pode ser recusado o embarque num avião, mesmo antes do horário previsto? Pois eu não sabia e descobri-o da pior maneira, graças à companhia aérea de nuestros hermanos, a Iberia. Vejam lá o que me aconteceu:

No passado dia 8 de Julho, fui viajar para uma ilha espanhola, via Madrid, uma família de 9 pessoas, incluindo duas crianças e a avó de 85 anos. Depois do check-in e de despachar as malas de porão, dirigi-mo-nos para o controlo das bagagens de mão e começou aqui a nossa odisseia. Às 6 da manhã (!!), no aeroporto da Portela, em Lisboa, estavam mais de 200 pessoas na fila e apenas 3 tapetes rolantes a funcionar. Escuso de dizer que estivemos nesse processo mais de 30 minutos e quando alguém do nosso grupo reclamou a um dos seguranças, foi-lhe dito que se queria ir mais depressa teria de pedir aos outros passageiros para o deixar passar! Só para rir!

Ora, depois dessa eternidade, quando fomos verificar onde se localizava a porta de embarque, depará-mo-nos com o segundo e grave contratempo: a porta era extremamente longe. Posso-vos dizer que a avó de 85 anos demorou 20 longos minutos a chegar à porta. A pé. No passo mais rápido que conseguiu.

Quando lá chegámos, mais um azar: o funcionário do balcão era um arrogantezeco de meia tigela, que nos comunicou de sorriso de orelha a orelha que já não podíamos embarcar. O voo estava fechado. Faltavam 10 minutos para a hora marcada para a descolagem. Os nossos protestos foram em vão, como calculam. Nem o facto de a bagagem estar no porão e de ainda terem de a retirar foi argumento racional suficiente para convencer tamanha arrogância e quanto ao facto de a culpa do atraso ( qual atraso? ) ser do próprio aeroporto e do facto de a gare ser tão longe, nada melhor que uma resposta cretina: tivessem vindo mais cedo… Enfim, já sabem como é exasperante argumentar contra quem tem a faca e o queijo na mão.

Mas vocês pensam que isto acabou por aqui? NÃO! O pior ainda estava para vir. Uma família de 9 pessoas, completamente desiludida e indignada, fomos ao balcão da companhia aérea – a Iberia – para tentar encontrar uma alternativa de voo. E então informaram-nos do seguinte: como tínhamos comprado o voo on-line, com uma tarifa barata, dizem eles, o facto de termos falhado o embarque ( no-show ) fez-nos automaticamente perder o direito a todos os voos. Sim, leram bem, TODOS os voos. De IDA E VOLTA!! O voo para Madrid e depois para o destino final e os dois voos de volta. Para uma semana depois! Ou sejam, recusaram-nos o embarque num voo, imputando-nos exclusivamente a responsabilidade pelo atraso. E à conta disso, perdemos todos os outros voos, já pagos, atenção, sem direito a qualquer reembolso ou alteração! É ou não é fantástico? Disseram os senhores da Iberia que isso é a política da empresa e que as condições do serviço podem ser consultadas electronicamente!!

Resultado: tivémos de comprar novos voos, de ida e volta, a um preço exorbitante, e a Iberia ainda pôde voltar a vender os nossos lugares, já pagos, encaixando seguramente uma quantia bem simpática… Outra vez.

Obrigada Iberia pela atenção! É tão bom sermos considerados como apenas um número!

Alex

1

1 comentário

  • Sabrina
    2016-07-20 em 3:14

    vc devia processa los contra danos morais e sabe mais o q puder processar. Absurdo