Em nossa casa, vemos televisão à hora do jantar. E então?…

Em nossa casa, vemos televisão à hora do jantar. Nem sempre, mas muitas vezes. Não é o ideal, talvez, mas não é por isso que somos piores pais.

Se não falamos do nosso dia à hora do jantar, é porque já falámos disso antes ou vamos falar depois, enquanto jogamos um jogo em família ou simplesmente conversamos no sofá. Lá em casa, nada fica por dizer. Há sempre tempo, por mais cansados que todos possamos estar. Os momentos para conversar criam-se, não estão previamente marcados na agenda.

Da minha experiência, na minha família, já percebi que uma das melhores alturas do dia para conversar com as minhas filhas é na hora de elas irem dormir. Senta-mo-nos na cama de uma delas e leio-lhes uma história ou conversamos sobre o que elas quiserem. Muitas vezes falo-lhes de episódios da minha infância, o que elas adoram, e acabam sempre por contar o que aconteceu no dia delas. Sem pressões, nem interrogatórios.

Não somos os pais perfeitos, nem queremos ser. E tenho a certeza que as nossas filhas agradecem-nos por isso.

Alex

1

1 comentário

  • vidasdanossavida
    2017-03-29 em 14:37

    Lá em casa não há televisão ao jantar, salvo raras excepções, mas não é por isso que se fala mais, até porque o que se ouve mais é: come, senta-te, não chateies a mana, não bulhem meninos… Mas o momento privilegiado para a conversa também é ao deitar, depois da história, o que faz com que às vezes o tempo de deitar se estique um bocadinho…