A mãe é que sabe

Este texto é dirigido aos papás de primeira viagem. Vou dar-vos um conselho. Depois não é preciso agradecer. 😀

O mais importante de tudo é isto: a mãe é que sabe. Não interessa que ela também seja mãe de primeira viagem e a maior trapalhona do mundo. A mãe é que sabe e tudo o que ela diz é lei. Isto é o truque para garantir a vossa sanidade mental. E a dela. Passo a explicar: quando uma mulher tem um filho fica, naturalmente, fragilizada. A nível físico ( são as dores do parto e da amamentação, as noites sem dormir ) e a nível psicológico ( a preocupação de ter de cuidar de um ser tão pequeno que depende totalmente de nós, o stress da amamentação, a pressão das pessoas que estão à volta a opinar ). Ora, se vocês ( papás ) se põem a criticar ou a chamar a atenção à mãe por tudo e por nada, a exigir-lhe mais do que ela consegue dar, é óbvio que as coisas não vão correr bem.

O que têm de perceber é que a mulher está no limite das suas forças e a um passo de perder a cabeça. Logo, tudo o que têm de fazer é apoiá-la e ajudá-la. Vocês também estão cansados. Eu sei que sim. Mas acreditem que ela está muito pior. Portanto, rapazes, nada de se porem a criticar, se a vossa mulher não conseguir acorrer ao choro do bebé logo no primeiro segundo ou se vos pedir para dar o biberão a meio da noite, ainda que vocês trabalhem no dia seguinte. Façam o que ela vos diz. Ajudem. E tomem a iniciativa de a deixar dormir mais um pouco. É para o vosso bem.

Alex

0